Saiba como valorizar o seu imóvel antes de vendê-lo!


O mercado imobiliário é feito de segurança, rendimento e muita pechincha, afinal, todo comprador ou investidor tenta conseguir um preço atrativo na hora de buscar por imóveis à venda. Para conseguir barganhar, muitos se valem de defeitos e necessidades de reformas no imóvel, afirmando que a propriedade vale menos do que o valor que está sendo exigido. Por conta disso, saber como valorizar um imóvel antes da venda pode ser determinante no sucesso da transação.


Para evitar perder essa discussão e valorizar um imóvel antes da venda, algumas medidas simples podem ser tomadas. Com pouco investimento, você pode chegar a uma valorização de até 20% no valor do imóvel, o que pode indicar um retorno financeiro bastante atrativo.

Opte por cores neutras

Um imóvel com características muito personalizadas pode afugentar aqueles que não compactuam com o mesmo gosto que o seu. Para evitar esse tipo de problema e atrair mais interessados, o ideal é que você opte por cores neutras, como branco, bege, cinza, entre outros tons que tornam a decoração flexível. Cores claras e fáceis de combinar ajudam o comprador a se visualizar utilizando o imóvel, e esse sentimento de identificação com a propriedade é um dos determinantes na hora da decisão pela compra.

Outra vantagem dos tons claros é que eles favorecem cômodos mais compactos, criando a sensação de amplitude e valorizando a propriedade. Cores fortes podem “apertar” o ambiente e fazê-lo parece menor, portanto, quanto menor for a metragem, menos aconselhável é o uso pintura escura. Uma pintura nova nesses tons também confere limpeza e passam a imagem de imóvel arejado. É importante lembrar que cores claras ajudam a luz natural a ser refletida e isso contribui com a economia de energia elétrica.

Deixe as contas e a documentação em dia

Certifique-se de que todos os carnês do IPTU estão em dia, de que o condomínio está em dia, de que as contas de água e luz estão pagas e de que não existem pendências judiciais. A venda de um imóvel já é burocrática por si só, portanto, quanto mais você facilitar esse processo para o seu comprador, mais fácil a negociação vai ser concretizada.

Cuide da fachada

Fique atento a manchas de infiltração e a pinturas descascadas. Outro detalhe que pode comprometer a imagem do imóvel são janelas ou venezianas com falhas no verniz ou nas estruturas de madeira da parte externa. Telhas gastas também podem somente ter sofrido a ação da luz solar excessiva, mas causam péssimas impressões. Por isso, providencie a pintura ou a troca de peças quebradas. Uma simples repaginada pode ser capaz de fazer milagres na imagem da sua propriedade.

Se sua casa tem quintal ou jardim frontal, aparece o gramado e evite que a desatenção transforme seu imóvel em uma casa com ares de abandonada e tomada por matagal.

Repare pequenos danos

Cuide para que não haja vidros quebrados, lascas no piso, pintura descascada ou sinais de infiltração. Outro cuidado que merece atenção são maçanetas e fechaduras que apresentam problemas, já que isso implica em gastos por parte do comprador e que serão exigidos compensações no preço.

Cuide da parte elétrica e hidráulica

Essas partes das estruturas das casas costumam custar muito quando precisam de reparos, por isso, qualquer problema relacionado a elas pode fazer alguém desistir da compra ou a fazer uma contraproposta com valor muito aquém do que foi pedido por você.

Certifique-se de cuidar de problemas de vazamento e contrate um eletricista de confiança para cuidar da caixa de luz, por exemplo. Fiações muito antigas podem precisar ser trocadas e alguns canos podem precisar de reparos, portanto, evite ser questionado a respeito de problemas não mencionados no anúncio. Situações como essas geram desconfiança e podem desvalorizar seu imóvel consideravelmente.

Organize o seu imóvel

É importante que os cômodos estejam perfeitamente arrumados, caso você esteja disponibilizando o imóvel mobiliado. Bagunça, cama desfeita e objetos pessoais em excesso podem dar uma péssima impressão ao comprador.

Vender um imóvel valorizado pode fazer toda a diferença nos seus rendimentos, no seu planejamento financeiro e na velocidade da sua negociação, portanto, cuide desses detalhes e evite cair nas armadilhas dos compradores mais experientes.


Texto readaptado
Fonte: creci.gov.br